A família e seus direitos

Logotipo do canal de telegrama direitosdospais - A família e seus direitos
Tópicos do canal:
Click
Sancionaratinho
Todospelaeducacao
Echobox
Aoh
All tags
Logotipo do canal de telegrama direitosdospais - A família e seus direitos
Tópicos do canal:
Click
Sancionaratinho
Todospelaeducacao
Echobox
Aoh
All tags
Endereço do canal: @direitosdospais
Categorias: Cuidados infantis
Idioma: Português
Assinantes: 10.83K
Descrição do canal

Grupo para divulgar conteúdo e tirar dúvidas sobre os direitos e poderes dos pais e mães, inclusive sobre educação

Ratings & Reviews

2.67

3 reviews

Reviews can be left only by registered users. All reviews are moderated by admins.

5 stars

1

4 stars

0

3 stars

0

2 stars

1

1 stars

1


As últimas mensagens

2022-07-25 06:48:30 https://twitter.com/IBESEC_org/status/1551347698988728320?t=xGzAc0WzCLsJQWbwFcnOFQ&s=19
1.1K viewsAlexandre Magno, 03:48
Aberto / Como
2022-07-24 08:55:25 "A OpenDemocracy também ataca Alexandre Moreira, membro fundador do GHEX e um brilhante advogado brasileiro que serviu ao governo nacional como secretário de Proteção Global dos Direitos Humanos. Moreira é um pai que acredita que as famílias precisam de apoio e incentivo, e que devem ter escolhas significativas sobre como educar seus filhos."

https://ghex.world/uk-group-attacks-homeschooling-in-brazil/
1.5K viewsAlexandre Magno, edited  05:55
Aberto / Como
2022-07-23 21:52:52
Está começando tudo de novo. Agora que o assunto Covid se desgastou, surge imediatamente outra "pandemia". Em breve, as escolas estarão cobrando vacinas contra a "varíola dos macacos". O objetivo é o conseguir o controle total por meio da política do pânico. Pessoas que se veem constantemente em perigo são capazes de aceitar qualquer forma de controle que venda uma ilusão de segurança.
2.0K viewsAlexandre Magno, 18:52
Aberto / Como
2022-07-23 19:28:40 Esqueçam as bobagens que a esquerda fala sobre justiça social. Muito mais do que a pobreza e a desigualdade, a crescente ausência do pai na criação e educação dos filhos é a causa da maior parte dos problemas sociais. Pergunte aos adolescentes internados no sistema socioeducativo quantos cresceram com o pai em casa.

Moral da história: se você, pai, quer contribuir para um País melhor, ame e eduque seus filhos.

PS: existe a ausência física (pais que estão longe ou até perderam o contato com os filhos), mas também é muito comum a ausência psicológica (pais que não se importam/nunca têm tempo para os filhos).
1.9K viewsAlexandre Magno, 16:28
Aberto / Como
2022-07-22 16:25:05 As exigências de vacinas contra a Covid continuam nas escolas em vários Estados.

São, porém, exigências apenas no nome.

Ninguém é impedido de se matricular ou de assistir às aulas.

Apenas acontece, às vezes, a comunicação ao Conselho Tutelar e ao Ministério Público.

E não sei de ninguém que tenha sido processado por não vacinar os filhos contra a Covid.
288 viewsAlexandre Magno, edited  13:25
Aberto / Como
2022-07-22 12:37:12 O que é educação? (O mais importante vídeo do ano)
63 viewsAlexandre Magno, 09:37
Aberto / Como
2022-07-22 12:37:12 https://twitter.com/rafalougon/status/1550123492057571334?t=HrvcqqlVz2bSBaOGYvaJOQ&s=09

O que é educação? (O mais importante vídeo do ano)
178 viewsAlexandre Magno, edited  09:37
Aberto / Como
2022-07-21 20:56:01 Em um trecho de uma aula, eu consegui despertar a ira de um bilionário patrocinador das mais variadas causas progressistas e globalistas. Eu nunca poderia imaginar isso e até agora não entendo bem porque aconteceu. Porém, como disse Winston Churchill, conquistar inimigos é sinal de que você está fazendo algo de relevante.

Continuarei em frente. Não tenho opção além de falar o que ninguém mais está falando, seja por ignorância, seja por medo. Agradeço o carinho de todos e conto com as orações de vocês.
826 viewsAlexandre Magno, 17:56
Aberto / Como
2022-07-21 20:56:01 CARTA ABERTA ÀS FAMÍLIAS

Eu confesso: sou homem de pouca fé, longe de ser um exemplo de cristão. Porém, desde cedo eu percebi que tinha uma missão: ensinar, seja escrevendo, seja dando aula. A educação se tornou a minha forma de amar ao próximo.

Minha primeira aula foi aos 11 anos de idade, ensinando Geografia para alunos cinco anos mais velhos que eu. Durante a faculdade de Direito, eu cheguei a fundar um "cursinho" junto com um amigo (na verdade, era uma sala em que eu ensinava Geografia e ele, História).

Depois de formado, lecionei várias matérias de Direito: Administrativo, Penal, Constitucional, etc. Eu cheguei a escrever manuais de Direito Administrativo e de Direito Penal. Tudo muito interessante, mas não era nada de novo.

Porém, minha vida mudou totalmente há 14 anos. Em 2008, eu escrevi um despretensioso artigo em defesa da educação domiciliar. Eu nem tinha filhos à época, mas eu senti que precisava escrever.

Desde então, escrevi muito sobre educação domiciliar e dei incontáveis entrevistas e palestras sobre o assunto. Minha vida tinha ganho um novo sentido.


O tempo foi passando e eu percebi que precisava fazer mais. Não havia ninguém falando sobre Direito Educacional no Brasil e as famílias estavam sendo muito prejudicadas por essa ignorância (haviam cursos com esse nome, mas eram sempre comentários à LDB). Em 2017, começaram os cursos de Direito Educacional na OAB, que acabaram gerando o livro publicado em 2022 (Direito Educacional: fundamento e prática).

No final de 2020, eu fui procurado pelo Brasil Paralelo para ministrar um curso sobre educação domiciliar. Porém, eu fiz uma contra-proposta: um curso sobre Direitos dos Pais, assunto bem reconhecido nos EUA, mas ainda ignorado no Brasil. E assim foi gravado, em janeiro de 2021, o curso "A família e seus Direitos" (o nome é familiar para vocês? ).

No curso, eu falei de forma totalmente inédita sobre os mais variados assuntos relativos aos direitos dos pais. Sim, eu falei também da Lei da Palmada (durante uns dez minutos em oito horas de aulas). Obviamente, não incentivei ninguém a dar palmadas nos filhos, mas apenas analisei a situação jurídica do castigo corporal no Brasil (dica: a situação é bem mais complexa do que parece à primeira vista).

Comecei este grupo no Telegram por inspiração do curso no Brasil Paralelo. Eu esperava ter uns 200 inscritos, já que o tema era muito novo. Para minha total surpresa, o grupo chegou a mais de 6.000 inscritos em apenas 3 dias!

Entre 2021 e 2022, eu me dediquei seriamente à formação profissional. Foram duas turmas da Mentoria em Direitos dos Pais. Pela primeira vez, tínhamos advogados e educadores qualificados para defender as famílias.

Ao mesmo tempo, eu tive a surpresa e a alegria de ser convidado para pesquisar sobre Direito Educacional na Universidade Católica de Louvain, na Bélgica. Quase ninguém a conhece no Brasil, mas é a 5° melhor da Europa e a 30° melhor do mundo, muito, muito a frente de qualquer universidade brasileira. Eu e minha família estamos na Bélgica há pouco mais de três meses.

Enfim, nesta semana eu fui surpreendido por uma sórdida campanha de difamação movida por uma ONG (Open Democracy), baseada na Inglaterra e patrocinada por George Soros. Eu fiquei desnorteado e angustiado, sem entender a razão de tanto ódio contra mim e o movimento da educação domiciliar. Toda a minha família sofreu com isso. Foi um verdadeiro assassinato de reputação.

Eu sou um professor. Sempre fui um professor e sempre serei. Minha missão não é apenas ensinar, mas preencher as lacunas, suprir as necessidades, falar do que mais ninguém está falando.

Eu sempre quis ser útil e creio que pude fazer a diferença para muitas pessoas. Porém, ser original e independente tem seus custos, que às vezes podem ficar altos demais.
1.1K viewsAlexandre Magno, 17:56
Aberto / Como
2022-07-21 20:04:11 EDUCAÇÃO NO BRASIL, NA EUROPA E NOS ESTADOS UNIDOS

No último post, incomodou a muitos meu comentário de que não consigo explicar a situação brasileira aos europeus, por ser totalmente absurda. Pessoal, há muita coisa errada na Europa e nos EUA, mas nesses lugares ainda é possível um debate público racional. Isso se tornou impossível no Brasil.

Todo assunto é agora hiperpolitizado. Nosso País se tornou especialista em falsas polêmicas, que dramatizam os assuntos mais cotidianos e banais. Um desses assuntos é exatamente a educação domiciliar. O que há de mais natural e cotidiano que pai e mãe educando seus próprios filhos? Nos EUA e em quase toda Europa não há polêmica alguma quanto à educação domiciliar.

Enfim, para ser ponderado, vou mencionar duas questões educacionais que o Brasil leva vantagem. Primeiro, com relação aos EUA: a doutrinação lá alcançou níveis inimagináveis - o objetivo é simplesmente destruir toda herança cultural do Ocidente (pesquisem sobre teoria crítica da raça). Perto disso, propaganda política em sala de aula é fichinha.

Na Europa, a neutralidade da escola é levada bem mais a sério e os casos de doutrinação são bem raros. O problema porém é mais profundo: as sociedades europeias (com raras exceções, como a Polônia) já estão profundamente secularizadas. Então, fica quase impossível conseguir uma escola realmente confessional: algumas ainda são assim chamadas, mas na prática são como quaisquer outras escolas.
258 viewsAlexandre Magno, 17:04
Aberto / Como